segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Bianca 63 - Pássaro ferido - Anne Mather

O lugar era assustador, com a mansão no alto do morro açoitada pelo vento e as ondas quebrando nos rochedos. Sara não tinha medo de ficar sozinha no sombrio e velho casarão Ela sempre vivera sozinha, abandonada. Sofrendo do coração, os médicos a proibiram de ter emoções fortes e ela vivia como uma flor estéril, sem conhecer as delicias de um simples beijo. Mas, quando Sara abriu a porta e viu aquele homem a sua espera, soube que a hora da verdade havia chegado. Ele era o homem de sua vida! O homem que podia lhe provar que o amor era mais forte que a morte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário